Conheça Japurá

Japurá tem 162,08 quilômetros quadrados de área total do Município, e confronta-se: "ao Norte com São Carlos do Ivaí, ao Sul com São Tomé, ao Leste com São Carlos do Ivaí e a Oeste com Indianópolis". Estamos na linha do Trópico de Capricórnio (pontilhado no mapa abaixo),à Noroeste do Estado do Paraná, zona fisiográfica do Ivaí.

Nosso Relevo pertence ao Terceiro Planalto Paranaense, subdivisão do Planalto Brasileiro Meridional; é de aspecto ondulado, sem grandes diferenças altimétricas que apresentam nossas terras.

Nosso solo tem coloração arroxeada, e é formado a partir de rochas eruptivas básicas, com classes variadas. Em sua maior parte, é formado por solo de classe Latossolo Roxo, que por sua vez é constituído por solos minerais, não hidromórficos, com horizonte B latossólico, formados a partir de rochas eruptivas básicas.

Quando tínhamos matas, o município era todo coberto por mata tropical perenifólia, que são formadas por árvores de grande porte. Hoje infelizmente não existe mais!!!

Clima

O tipo climático, de acordo com a classificação de Vladimir Peter Koppen (1846/1940), é "c f a", onde: c = mesotérmico tropical; f = chuva bem distribuída durante todo o ano; a = verão quente.

Ainda, de acordo com o IBGE, nosso clima é Subtropical Úmico Mesotérmico, com verões quentes com tendência de concentração das chuvas (temperatura média superior a 22º C), invernos com geadas pouco freqüentes (temperatura média inferior a 18º C), sem estação seca definida.


Economia

A indústria dominante no Município é a de produtos minerais não metálicos, vestuário, calçados, tecidos e produtos alimentares.
Os principais produtos agrosilvopastoris são soja, trigo, milho, mandioca e cana-de-açúcar.

Temos estabelecidos atualmente no Município de Japurá:

Indústrias 47
Comércio 150
Prestação de Serviços 50
Total 247


Hidrografia

O reconhecimento hidrográfico de nossa região, principalmente o sistema hidrográfico do rio Ivaí, foi feito por expedições de Cabeza de Vaca, Sanabria e Schimidel, bem como por expedições militares espanholas e pelos Jesuítas.

Historicamente, o rio Ivaí foi muitíssimo importante como fator de penetração em nossa região.

O primeiro a reconhecer o Rio "Guibay" ou "Hubay", o rio Ivaí, foi Ruy Dias Melgarejo, em cujas margens foram estabelecidos pontos de abastecimento, o que, finalmente, levou no ano de 1576, à fundação da Vila Rica do Espírito Santo, na margem sul do rio Ivaí, nas proximidades da foz do rio Corumbataí, área do atual município de Fênix.

O rio Ivaí tem um percurso total de 685 quilômetros e sua bacia hidrográfica abrange 35.845 quilômetros quadrados.

Os afluentes do rio Ivaí são: Rio dos Índios, Ribeirão Cristal, Córrego Aguapeí, Córrego Taguaçaba e Córrego Jari. Na seção "Fotos", você pode navegar um pouco sobre nossas águas, confira!